segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Reprodução de Molinesia

Molinésia
As molinésias são peixes muito dóceis e fáceis para você te-los em um aquário.São calmos(não brigam, as vezes sai uns desentendimento mas é normal)gostam de viver em grupos(mínimo 3) .Eu aconselho cria-las.Crio molinésias com mais de 03cm , e vai aí algumas dicas.
Alimentação: Eu prefiro e sempre dei ração em flocos .Dou também cenoura para deixar com as cores mais vivas.Alimente pelo menos 2 vezes ao dia e, coloque o suficiente para que elas comam em 10 minutos.
Ph:Deixe de 6.6 a 7.0 , elas vivem muito bem em água neutra.Temperatura:de min.20 graus a 31max.
Acessórios:Bomba submersa(eu uso uma nacional muito boa a sarlo better 650)oxigena muito bem,sifão,biológico,luz 12 horas por dia,termômetro,aquecedor.
Cascalho de rio médio é o melhor para espadas:Plantas naturais são boas para os espadas pois eles podem reproduzir e os filhotes se esconderem sem perigo.
Reprodução
testes observamos que as Molinésias ficaram menos suscetíveis a doenças, mas não significa que não podem viver em água doce, porem observar as condições da água e temperatura. Seu comportamento é pacifico e muito fácil de ser reproduzido, as molinésias gostam de se alimentar de algas e alimentos vegetais, mas aceitam rações de todos os tipos e principalmente alimenta-los com rações a base de vegetais, pois necessitam para seu bem estar. A espécie mais comum é a negra, encontrado facilmente em lojas do ramo. O aquário deve ser de no mínimo 50 litros para que vivam bem, pode ser criado em aquários comunitários. Quanto a sua reprodução é fácil, o macho procura a fêmea a todo o momento, então deve-se adquirir 3 fêmeas para cada macho. Após o acasalamento, a fêmea começara a ficar barriguda e após 40 dias no máximo ela "dará a luz", de 50 a 80 filhotes que já estarão aptos a nadar e a se alimentar horas depois do parto da fêmea. Devemos oferecer aos filhotes nauplius de artemias que podem ser inseridos no aquário. Os filhotes também se alimentam de rações para alevinos. O aquário deve ser bem plantado de forma que os filhotes possam se refugiar e se esconder nos primeiros dias dos próprios pais, já que podem tentar atacar sua cria. Na terceira a quarta semana já se pode distinguir os machos das fêmeas pela coloração em seu corpo e cauda. Temperatura Reprodução Origem Ph Dh Iluminação Alimentação 26 a 28 G Vivíparo América do Sul 7.0 a 7.4 Média 10 hs Dia Superfície, Centro

3 comentários:

mariana cruz disse...

tenho um casal de molinesia-dourada,acabou de parir 46 alevinos,estou admirada!,eu ganho alguma coisa com isso?aguardo respostas,grata:mariana cruz!!

Anônimo disse...

Tenho um casal de molinesias so que as cores deles são diferentes tem algun problema ?

diogo disse...

não... no máximo vão ficar rajadinhos